22 novembro 2007

Copa das Elites (ou 2014 - parte II)


Pode parecer repetitivo, mas ao ler a cobertura sobre o último jogo da seleção no Morumbi não segurei a ânsia (só a de vômito). Reproduzo aqui o que postei sobre o caso no !ObaOba, com as devidas alterações estilísticas.

---------------------------------------------------

Nessa última quarta-feira, a seleção brasileira parou a cidade de São Paulo. Antecipou, para muitos, o que vai acontecer daqui a sete anos, quando o país receber a Copa de 2014. A Rede Globo até fez uma festa (fajuta, diga-se) com o anúncio. O argumento principal são os benefícios que o evento irá trazer para o país, como estádios com boa estrutura, além de melhorias nos transportes coletivos e a geração de empregos.

Pois eu acho isso uma verdadeira balela. Não só não vai mudar nada como o poder público terá que colocar dinheiro, assim como foi no Pan deste 2007. Mas o fator principal - e que poucos estão enxergando - é a elitização do esporte, fato que desde já se faz presente.

Para não ficar só no achismo, tomemos como base o mesmo jogo supracitado. Em matéria da Falha de S.Paulo, algumas peculiaridades, vistas também no jogo do Maracanã em rodada anterior. Seguem alguns trechos da notícia de Luís Ferrari, sob o título "Ensaio de 2014 prevê Copa elitizada":

- "Outro reflexo disso eram os preços praticados nos estacionamentos: R$100, em parte decorrente da prefeitura paulistana para combater o comércio informal nos arredores do Morumbi (...) apenas três estacionamentos estavam abertos. E um deles havia firmado convênio para atender com exclusividade os freqüentadores de um dos camarotes"

- "No bolsão em que costumam funcionar barraquinhas de lanches, havia só duas tendas da prefeitura. O problema é que, dentro do estádio, não houve reforço na alimentação oferecida ao torcedor 'comum' (...) Para quem foi aos camarotes, porém, a fome não foi problema",

- "Bebidas alcóolicas também foram consumidas pelo público. Mais uma vez, quem esteve nos setores mais exclusivos teve maior tranqüilidade (...) Já o torcedor comum continuou sem autorização para beber cerveja dentro do estádio - e teve mais problemas que o de costume para fazê-lo fora."

Pois então, senhores. Vejam o que aconteceu. Isso sem citar o fato de que a maioria dos ingressos foi destinado à promoções. Os que foram vendidos, chegaram às bilheterias com o extorsivo preço de R$60 (arquibancada mais barata). Na mesma Folha, há fotos de um dos camarotes, que contava até com DJs e música eletrônica. A pergunta é: FUTEBOL E MÚSICA ELETRÔNICA???

Para concluir - e não me estenderei com relação aos problemas estruturais que essa Copa irá trazer para clubes e atletas -, deixo aqui indagações. A primeira: por que a lei só vale para os torcedores que pagam ingresso? A segunda: por que os mais ricos vão de camarote (gratuito) e o povo tem que pagar um absurdo por um ingresso? A terceira: os preços dos campeonatos regionais, nacionais e latino-americanos irão acompanhar o ágio da Copa?

Eis a elitização, caros. Querem acabar com mais uma alegria popular, é mais um desafogo do povo que vai parar na mão dos poucos endinheirados. No Maracanã, por exemplo, sumiram com as lendárias gerais e, no lugar, colocaram cadeiras e uma placa onde se lê que deve-se assistir ao jogo sentado. Daqui a pouco, e não demora muito, teremos que nos conter como no tênis ao gritar gol. E morre o futebol brasileiro. Pensem bem antes de comemorar a Copa por aqui...

10 comentários:

filipe disse...

Pois é japonês. Teremos que martelar isso na cabeça de muita gente, inteligente porém imbecil, até que esse povo se toque disso.

ARQUIBANCADA!!!

Já estou com doze pacotinhos de negresco, e acho que vou comprar outros doze. É bolacha, japonês. Atividade! 9h da manhã no posto de troca. Ou isso ou fica chorando ou paga pra cambosta.
ou vai de meia numerada....

VAI CORINTHIANS!!!

filipe disse...

Enfim, alguma coisa, que vai aparecer logo mais, o Sr. Andrés está aprontando.
O que leva a crer nisso?
Ele voltou a falar no assunto que desmobiliza a massa.

http://bolarolando.com.br/news.php?id_news=57175

"antes que muita gente imagina"...

ACORDA FIEL!!!

Craudio disse...

Pois é... Mais uma vez essa merda de papo. Estádio o caralho!

Amanhã vou trocar em Osasco. Se quiser marcar, dá um ligão.

filipe disse...

Pena que a Tetê não aguenta ainda. Mas cê viu que é da bagunça.
Semana que vem (1/12, sábado) tem sub-17, finalíssima, 10h45 no mesmo palco. Contra o "pão-de-açucar" (jogam amanhã no anacleto campanela, o 1ºjogo). Vou colocar ela na amarela de novo, chegar mais cedo.

Quarta estarei do outro lado, pela segunda vez. Eu não vou entregar nada além de cuspe na cara pra esses cambostas.
Será noite de fazer das tripas coração. Torcer músculos até a última gota de sangue. Suar sangue.
Espero que os ingressos acabem em boas mãos, e que nos livrem da gordura, hoje e sempre, amém.

filipe disse...

Japonês, o chiqueirinho do Pacaembu vai estar lotado de porquinhos.
Não saberemos se devemos xingar bacalhau ou porco...

SAI ZICA

Craudio disse...

É um bando de sem-time...

Porcada vai apanhar junto.

Forza Palestra disse...

Algumas considerações, japonês:

1. Assino embaixo de tudo o que foi dito. A Copa de 2014 é uma das maiores derrotas sofridas pelo futebol brasileiro. Pena que poucos enxerguem isso.

2. Vejam vocês que a tal da Fifa quer impor suas regras em todos os lugares. Até La Bombonera deve deixar de ser o que é em nome das tais normas de segurança da Fifa. Um verdadeiro crime...

3. É nojento tudo o que tem acontecido nos jogos da seleção brasileira. Uma escrotidão sem limites, cara...

4. Por que as ameaças? Somos todos co-irmãos.

5. Obrigado pelo crédito no ObaOba. Quando puder, entre em contato com a minha secretária para falar sobre o pagamento dos direitos de imagem.

Abraços

Craudio disse...

Barneschi, co-irmão é a putaquepariu! E vai esperando pagamanto de direito de imagem, vai...

Sobre a seleção, um outro fato presenciado pelo nosso amigo FH, Favela e outros amigos: na saída da Gaiola das Loucas, tocava em alto e bom som as músicas "It´s Raining Men" e "I Will Survive". Depois a gente faz perseguição...

Forza Palestra disse...

Bom, o FH só vai em jogo da seleção ou do Botafogo...

Por falar neste assunto, o que dizer do Ricky???

O cara ainda me dá uma entrevista pra Placar e diz que gosta mesmo é de jogar vôlei!!! Ou peteca!!!

E ainda se deixa fotografar praticando tais brincadeiras... vou escrever sobre isso depois

evaodocaminhao disse...

tô com medo de vcs amanhã

volta inteiro?